Greve no metrô – Aprendendo novos caminhos

Todo dia você faz o mesmo caminho.. Pega o metrô na mesma estação e desce sempre na mesma estação. Até que uma greve afeta algumas estações e uma delas é a sua! E agora, o que fazer?

Greve no metrô de Londres

 

Em 2014, 60% das 270 estações de metrô de Londres fecharam por causa de uma greve, atrapalhando a vida de mais de quatro milhões de passageiros. Por causa disso, muitos deles precisaram refazer seus trajetos, mudando de linha e incluindo mais baldeações.

E pelo fato de os sistemas de transportes serem integrados e os passageiros usarem um único cartão para acessar tudo, pesquisadores da universidade de Oxford conseguiram monitorar como a paralisação afetou os hábitos dos londrinos.

Através de informações de embarque e desembarque, eles puderam identificar quem mudou o seu trajeto – e o mais interessante: perceberam que muitos não voltaram aos seus roteiros originais quando a greve acabou. Isto é: muita gente encontrou caminhos melhores para se locomover – mas só porque foram obrigados a fazer isso.

E você? O que está deixando de melhorar na sua vida só por causa da inércia, do comodismo? Será que você vai precisar de um empurrão, de uma sacudida, de um contratempo para tentar avançar na vida?

Entre para minha lista VIP e receba conteúdo exclusivo

Dicas, Cursos, Descontos, tudo em 1ª mão pra lista!

privacidadeFique tranquilo, também odiamos SPAM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *